Sunday, December 03, 2006

CORAGEM E SERENIDADE




Um exemplo para a Europa decadente

Para algum visitante que ainda se perca por aqui, depois de tão longo silêncio, vai a indicação de um dos aspectos da minha resistência aos furacões que tenatm teimosamente destruir-me a memória:

De Roma a Roma, depois do percurso espinhoso, muitas vezes solitário, entre Ratisbona e Istambul: Bento XVI, conjugando como poucos o souberam fazer antes, as exigências da honestidade intelectual com a missão de pastor universal do Povo de Deus, acaba de dar a este mundo de interesses imediatos, gestos hipócritas e fugas cobardes, um testemunho de fé em Deus e confiança nos homens, que não podemos deixar perder no imenso deserto de ideias que caracteriza a nossa comunicação social.
Um deserto que, nesta Europa cada vez mais no fundo abismo, se agrava com as tentativas de classificar os que pensam, do modo a apagar o seu pensamento; a ver se se conseguem neutralizar as ideias que incomodam a mediocridade geral.
Teríamos necessidade de alguèm que se desse ao trabalho de, abstraindo de comentários e polémicas, fizesse uma recolha, tanto quanto possível completa, das palavras e dos gestos do Papa, ao longo destes dois meses e meio, e os oferecesse assim, puros, com a transparência que lhes roubam as agências noticiosas e respectivos comentadores.
Não sei se isso seria possível.
Sei, no entanto, que quem tivesse amor e coragem para empreender essa tarefa, estaria a prestar um serviço incalculável a toda a humanidade, e faria o papel de bom samaritano, acudindo a este velho continente, tragicamente caído nas mãos de todo o tipo de salteadores.

1 Comments:

Anonymous Guida said...

Concordo consigo..

3:25 AM  

Post a Comment

<< Home