Friday, May 02, 2008

SÃ LAICDADE


Apesar do acicate de tanto disparate vindo a público, consegui resistir, ao longo da toda a viagem do Papa aos EUA... também por razões de saúde, mas principalmente pelas dúvidas que me assaltam sobre a eficácia de protestos e escalerecimentos, no momneto de editá-los, neste ou noutros blogues.
Hoje, para recomeçar, deixo algumas palavras do próprio Bento XVI, que talvez sejam úteis sobretudo para os que, em Portugal, mais falam da laiciadde do Estado.

No encontro com o Senhor Presidente, na sua residência, tive oportunidade de prestar
homenagem àquele grande País, que desde o início foi edificado sobre a base de uma
feliz conjugação de princípios religiosos, éticos e políticos, e que constitui ainda
um exemplo válido de sã laicidade, onde a dimensão religiosa, na diversidade das suas
expressões, não é apenas tolerada, mas valorizada, como “alma” da Nação e garantia
fundamental dos direitos e dos deveres do homem. Num tal contexto, a Igreja pode
exercer com liberdade e empenho a sua missão de evangelização e promoção humana, e
ainda de “consciência crítica”, contribuindo para a construção de uma sociedade digna
da pessoa humana e, ao mesmo tempo, estimulando um país como os Estado Unidos,
para o qual todos olham como um dos principais actores da cena internacional, a
caminho da solidariedade global, sempre mais necessária e urgente, e do exercício paciente do diálogo nas relações internacionais.
(Audiência Geral de 30.04.08)

1 Comments:

Blogger Fenrisar said...

See Please Here

3:52 AM  

Post a Comment

<< Home