Friday, February 22, 2008

REGRESSO


Resistir para resistir

Foi este blog criado para partilhar, não tanto ideias, como sobetudo emoções, sentimentos; alguns pedaços de humanidade, daqueles que podemos, sem especiais equívocos, trazer para a praça pública.
Procurei manter o programa inicial, ainda que nem sempre com fidelidade canina... até porque não considero essa a fidelidade ideal do coração humano. Esta é muito superior, vai mais longe, torna-se mais complexa... resiste a todos os tipos de análise simplista.
De qualquer modo, foi para resistir - ao tempo, ao cansaço, à preguiça, ao medo, aos simplismos obnubiladores da verdade... foi para resistir a tudo isso que criei este blog
E confesso humildemente que a minha ausência significa isso mesmo: a quebra da capacidade de resistir.
Volto, porque não queria resistir à pressão dos amigos.
Mas eles terão de ter paciência e perdoar-me que algumas vezes abuse do armazém em que há mais de quarenta anos venho acumulando coisas .... até que chegue a hora de o destruir por completo, porque é esse o seu destino.
À espera do próximo post – que não demorará, se o cumputador for compreensivo – um carinhoso abraço para todos.

5 Comments:

Blogger alx said...

E tenha a certeza que eu, e muitos outros, continuamos à espera "em jubilosa esperança"...

Força no desânimo! Queremos continuar a aprender consigo. E como os mestres são poucos, não há como continuar a incentivá-los a superar as dificuldades, não já do tempo e do espaço, das novas tecnologias (essas "marcas da modernidade" tão profusamente sublinhadas pelo nosso primeiro ministro)!

Aquele Abraço

2:54 PM  
Anonymous Guida said...

Sim..sim...claro que continuamos à espera "em jubilosa esperança"..e com saudade!!

E nada de desânimo...e fica aqui registado que não concordo com a destruição do tal armazém..acho que devia era arranjar um fiel depositário..isso sim..

2:39 AM  
Blogger Augusto Ascenso Pascoal said...

Um fiel de armazém?
Como, se agora ninguém quer sê-lo?
Depois, nem tudo o que se gurda num armazém tem igual valor.
Beijinhos.
AP

7:20 AM  
Anonymous Guida said...

Agora ninguém quer sê-lo!!..Mas quem foram os potenciais contratados que rejeitaram tão ilustre cargo ??!!...

Beijinhos

Guida

3:16 PM  
Blogger Augusto Ascenso Pascoal said...

Falávamos de "fiel de armazém", não propriamente do guarda fiel que propunhas... E olha que, mesmo neste caso...
Mas sempre acho que há coisas que não vale a pena guardar, senão até certo tempo...
Bejinhos
AP

4:58 PM  

Post a Comment

<< Home