Monday, December 31, 2007

ARRIVEDERCI (A) ROMA




I
I
I
I PERSISTÊNCIA PINCIANA
Dedico agora algumas mensagens aos amigos Ramos, Aveiro e Marques, como sinal de gratidão e saudade pelos dias que vivemos juntos na Cidade Eterna, incluiindo uma maravilhosa viagem a Assis, com o famoso “onze limões, meio limão").

O primeiro recorda o último passeio.
Quando por aqui andei, no início da década de sessenta do século passado – è vero, sono vecchio -, ouvi muitas vezes a canção, arrivederci Roma, que, depois, em Portugal, sempre me fazia recordar a Villa Borghese, com o famoso Pincio... Foi aí que contemplámos pela última vez juntos a cidade dos Papas... tinha-se aquela maravilhosa vista de São Pedro, logo que erguíamos os olhos da Piazza del Popolo, que me pareceu mais bela do que nunca, neste fim de tarde... Certamente também por influência da companhia.
Por isso atrevi-me a juntar um som, apenas uma vogal, para exprimir as saudades, não já de Roma, mas da companhia daqueles com quem a visistei nos últimos dias do ano.
Que nos voltemos a ver na cidade eterna, não será muito provável... os anos não perdoam, caríssimos amigos!
Mas foi uma inesquecível prenda de Natal, a vossa vinda até aqui, nesta altura.
Obrigado por tudo. E que Deus vos pague.

6 Comments:

Anonymous Cristina Aveiro said...

É sempre bom estar com amigos e sentir a falta deles sabendo que também sentem a nossa. Quanto a saber se nos voltamos a encontrar em Roma só Deus sabe, a vida é cheia de surpresas... Imaginaria que esta viagem tivesse tido lugar há meio ano?
Asta la vista amicci!

Não faço ideia se é assim que se escreve, mas assim talvez venha a saber...

10:55 AM  
Anonymous Maria Aveiro said...

Gostei muito de ter a companhia da família e dos amigos.Gostei muito de me rir com o "onze limões meio milão"e com o "Alora Pascoal"entre outras frases divertidas.
E como dizem que quando o tempo passa a voar gosta-mos das coisas, eu acho que gostei destas férias.
Isto tem que se repetir ...

11:08 AM  
Blogger Augusto Ascenso Pascoal said...

Pois, "onze milhões, meio milão"... foi um festival de riso!
Temos de repetir, sim, memso que não seja em Roma. Vou escrever mais algumas memórias,para matar as saudades.

12:55 PM  
Anonymous Joana Marques said...

Pois é! A saudade destes dias e da companhia de todos é bem viva e gostava de agradecer ao n.º 11 limões (ou serão milões??) a generosidade de partilhar a sua companhia amiga e a sua sabedoria connosco, tornando estes dias inesquecíveis. E quanto a "volvermos a Roma", nunca se sabe! a vida nunca nos deixa de surpreender. Por isso, de regresso a uma Lisboa chuvosa, que embeleza ainda mais estes dias passados, na luz esbatida da cidade eterna,não posso deixar de agradecere mandar um abraço electrónico a este "caro amico". Tenho estes dias guardados no coração.

3:46 PM  
Blogger Augusto Ascenso Pascoal said...

Cara Joana, não esgotes os elogios logo no primeiro comentário. faltou-nos tempo para conversarmos um puco mais sobra a tal papisa...
Mas eu tenho no meu programa - já que na biblioteca só se trabalha de manhã - criar mais alguns postes, para recordarmos, não só a tal "luz esbatida da cidade eterna" (tens veia poética, claro), mas também o encanto de Assis... e outras maravilhas vividas em comum.
Muitos beijos electrónicos
AP

6:01 AM  
Anonymous Guida said...

Olá..já aqui chego atrasada, depois de tanto comentário!! sem dúvida que foram uns belos dias..com que ninguém estava a contar(há pouco tempo atrás!!)..por isso quanto às possibilidades de repetição..temos que estar atentos às mensagens do Espírito Santo..para não perdermos a oportunidade!!
Para mim, o último dia foi um belo dia..com o almoço de estudante, a bela sobremesa no Giollitti (esse santuário)..o culminar de uns dias inesquecíveis..
Grazie..e arriverdeci

7:06 AM  

Post a Comment

<< Home