Wednesday, October 12, 2005

LEMBRANÇAS INTIMAS


Apenas para que a memória não se apague: tenho de resistir ao desgaste do tempo, mas também à inundação das lembranças, que é uma forma de esquecimento ainda amis cruel do que aquela.
Queria apenas recordar que D. Alberto Cosme do Amaral faria hoje, festa de Nossa Senhora do Pilar, oitenta e nove anos. Da data, sei que vivia apenas duas realidades: a lembrança daquela que lhe deu o ser e a efeméride litúrgica, da qual só muito tarde tomou conhecimento, já que se trata de uma festa própria da Espanha.
Os meus amigos não me levarão a mal que volte aqui para falar daquele que, ao longo dos últimos anos, me recebia todas as quintas feiras (ou quase todas) com o sorriso que tive a feliciadede ver ainda na manhã em que Deus o chmou a si... para o Céu, do qual me repetia com frequência, sobretudo nos últimos meses, que sentia cada vez mais saudades.
Hoje quis apenas assinalar a data do seu nascimento para mundo... que fica tão perto da do seun ascimento para a Pátria celedste.

1 Comments:

Blogger  said...

Apesar de ter estado muito pouco com o Sr. D. Alberto, sobretudo nestes últimos anos, há um pequeno gesto que fala de quem ele era: em cada aniversário de ordenação recebia um postal seu...

4:11 PM  

Post a Comment

<< Home